sábado, 29 de dezembro de 2007

E-mail que recebi outro dia

Recebi um e-mail que gostaria de compartilhar com vocês.


Um Alerta pra Você! Deixo claro que isso não é fanatismo, pelo contrário,é
a pura realidade. Conversando com uma pessoa há poucos dias, estávamos Falando
sobre música.
Essa pessoa mencionou um detalhe de uma música que está sendo bastante
tocada ultimamente, não só nas rádios como também na TV e até nas ruas.
Pessoalmente eu conhecia o refrão, mas não havia prestado atenção no restante,
exatamente por isso, achei que seria interessante Passar este alerta, caso ainda
não o tenham notado e também para que possam Alertar alguém que porventura
esteja cantando esta música, em especial Alguns jovens.

Trata-se da música: Poeira - Ivete
Sangalo.

A letra diz em parte:
'A minha sorte Grande; Foi você cair do céu; Minha paixão verdadeira...; É
lindo teu sorriso, o brilho dos teus olhos; Meu anjo querubim; Chegou no meu
espaço mandando no pedaço; Um amor que não e brincadeira; Pegou me deu um laço Danço bem no compasso, de prazer;Levantou poeira';

Vamos aos detalhes: '...Foi você cair do céu';
Quem foi que caiu do céu?Apocalipse capitulo 12 versículo 9 diz: 'Foi
lançado para baixo o Grande dragão, a serpente original, o chamado Diabo
eSatanás, que está desencaminhando a toda a terra habitada; ele foi lançadoPara
baixo, DA terra';

'... É lindo teu sorriso, o brilho dos teus olhos... '
Olha o que Ezequiel capitulo 28 versículo 17 diz a respeito deSatanás:
'Elevou-se o teu coração por causa DA tua formosura, corrompeste aTua sabedoria
por causa do teu resplendor; por terra te lancei; diante dosRei pus,para que te
contemplem' .

'... Meu anjo querubim... '; Isto confirma que está se referindo a um anjo e
confirma que é Satanás, pois aDescrevendo a Satanás, Ezequiel capitulo 28
versículo 14 diz: 'Tu erasQuerubim ungindo para proteger, e te estabeleci, no
Monte Santo de Deus;Estavas, no meio das pedras andavas.

'... Chegou no meu espaço; Mandando no pedaço...' Quem será que quis
adoração só pra si, querendo mandar em Deus, a Quem os anjos e humanos
deviam servir?

'...Pegou me deu um laço... ' Quem é descrito em 1 Pedro capitulo 5
versículo 8:'...Como leão que ruge procurando a quem devorar ou a quem
enlaçar?;



Como nós esquecemos de Jesus!; Acreditamos em tudo o que nos ensinam, mas
sempre questionamos as Coisas que vem de Deus!;Todos querem um dia estar com
Deus, Mas não querem conhecê-lo e amá-lo! Muitos dizem, Eu acredito em Deus,
(Satanás também!), mas não fazem nada por Ele! As pessoas mandam piadas por
e-mail E umas passam para as outras em uma velocidade luz! Mas quando a mensagem
é sobre Deus, as pessoas pensam duas vezes antes de compartilhar com as outras.
Dizem a todo o momento, para que times torcem, mas pensam duasVezes antes de
dizerem: SOU DE CRISTO, AMO A DEUS! Tentam ser invisíveis, quando se trata de
Jesus Cristo! POR QUÊ? Será que quando você terminar de ler essa mensagem, você
mandará para alguém ou você não esta seguro do queAs pessoas pensarão sobre você
se você enviar!Falar sobre Jesus Cristo não é um assunto que as pessoas querem
ouvir! Somente querem a Jesus quando estão em grandes apuros! Quem passará essa
mensagem. Deus perguntou: A quem enviarei? Envia-me a mim SENHOR!

segunda-feira, 5 de novembro de 2007

MEDITAÇÃO MATINAL II


Ok, não consegui cumprir meu objetivo... Mas cá estou novamente. Dessa vez sem promessas. Quem têm uma promessa hoje é a Palavra.

Capítulo 54 do livro do profeta Isaías.

Vou citar apenas o versículo 13, mas o capítulo todo é um corolário de promessas para Sião. Como nós, a igreja, somos o novo Israel essas promessas se aplicam a nós também:


"E todos os teus filhos serão discípulos do SENHOR; e a paz dos teus filhos será
abundante..."


Creio que a maioria das pregações que abordam esse tema fazem uma interpretação literal e estão corretissímas. Realmente essa passagem se refere à Israel e no futuro, após o advento do Messias. Eu contudo vou trazer isso para a nossa presente era. Podem achar estranho, é verdade, ainda mais quando olhando para esse mundo vemos tanta violência e crimes. Podemos nos perguntar: ONDE ESTÁ ESSA PAZ???

A resposta é simples. Como essa promessa diz respeito à Israel após a restauração, logo podemos chegar a conclusão de que no momento em que nós formos Restaurarmos também poderemos desfrutar essa PAZ.

Simples não? Basta ter Jesus; que é quem provoca essa restauração no homem, e teremos a paz. Afinal Ele é o príncipe da paz...

Para encerrar essa meditação vou postar a letra de uma canção do grupo Voz da Verdade que coincidentemente estou a ouvir enquanto escrevo, e que fala exatamente disso. Só Jesus têm a PAZ!


Basta ter Jesus
As angústias eram tantas
Que eu
pensava em voar
Ter as asas como pomba
No deserto descansar
E fugir
da tempestade
E do vento violento
Mas meu pobre coração
Não
encontrava a paz
Mas alguém me falou
Que Jesus tem tanta paz
E que
em qualquer lugar
Nele posso descansar
Basta ter Jesus no coração
Prá ter paz em qualquer lugar
Basta ter Jesus no coração
Prá ter paz
em qualquer lugar.

quinta-feira, 1 de novembro de 2007

MEDITAÇÃO MATINAL I


Mais uma vez estamos iniciando outro mês. E coloquei um propósito no meu coração para esse mês; meditar em um trecho bíblico a cada manhã. Se não me engano já havia tomado essa decisão há algum tempo, mas não fui persistente o bastante para dar prosseguimento. Quem sabe agora eu consiga...

Como primeiro texto eu escolhi uma passagem escrita no livro de Eclesiastes, capítulo 9 e versículo 6.

Vai, pois, come com alegria o teu pão e bebe com coração contente o teu vinho, pois já Deus se agrada das tuas obras.


Nessa passagem o pregador, fazendo uma alusão apenas aos aspectos terrenos da existência acaba por deixar margem para que vejamos essa frase como um convite ao hedonismo, gozar os prazeres da vida aqui e agora. Basta vermos que alguns versículos antes ele afirma que tudo na vida acontece aos justos e aos injustos e também destaca a brevidade da existência. Assim podemos afirmar que ele quis dizer exatamente aquilo que disse. Que nós enquanto vivos devemos gozarmos as bençãos de Deus.

Contudo, assim como em outras passagens, podemos tomar a liberdade de interpretar de forma espiritual ou simbólica esse texto. Então encaremos essa frase como sendo uma tipologia do mundo espiritual. O que muda?

Vamos atribuir um determinado valor simbólico aos elementos da frase. Assim o pão e o vinho passam a simbolizar as benesses Divinas. E notem que esse é um símbolo correntemente aceito.
Feito isso ao voltarmos à frase em apreço percebemos que o versículo acaba por ganhar uma nova dimensão. Nessa nova interpretação não mais há um caráter terreno e portanto essa frase perdeu aqui seu aspecto de convite hedonista que tinha no princípio.

Sendo o pão e o vinho aspectos espirituais da vida cristã, vemos nessa passagem um conselho muito justo para os nossos dias. Se formos analisar, muitas das pessoas que hoje se dizem cristãs estão inconscientemente vivendo uma vida que está em desconformidade com a vontade de Deus. Quase podemos dizer que estão interpretando esse versículo de forma literal. Comem, bebem, se alegram apenas com as coisas materiais. Não estou dizendo que isso não seja correto ou bom. Realmente é muito bom gozarmos daquilo que Deus deixou para que desfrutássemos. Contudo devemos sempre ter em mente que há algo além disso. A vida não se resume a nossa existência terrena. Nós temos uma alma e ela anseia pelo alimento espiritual.
Existem em nossas igrejas muitas pessoas que vivem uma vida repleta de bençãos materiais: carros novos, casas luxuosamente mobiliadas, roupas vistosas, etc. Contudo as suas almas estão vivendo na miséria. Têm uma vida espiritual nula. Almas mal-alimentadas...

Mas e o que alimenta a alma? É o pão e o vinho, mas na forma espiritual. Convém tirarmos todos os dias alguns minutos para nos alimentarmos da Palavra de Deus.
Sim. A leitura bíblica é muito importante. No mesmo patamar se encontra a oração, e ainda pra completar a tríade, o louvor a Deus.
Convém reservarmos alguns momentos para conversarmos com Deus, isso pode soar estranho nesses dias tão corridos, mas é uma necessidade vital.
Procedendo dessa maneira estaremos cultivando uma vida onde nos alimentamos corretamente, com alegria e coração contente de pão e vinho celestiais. E o resultado será uma alma satisfeita e livre das chamadas doenças modernas, que nada mais são do que doenças da alma: Depressão, Ansiedade e outras neuroses mais.

sábado, 20 de outubro de 2007

Eu, professor.

Então agora é definitivo. Serei mesmo professor.
Engraçado, em momento algum na infância eu sonhei em ser professor. Se bem que não sonhava com nada mesmo...

Continuo a lecionar na escola bíblica dominical para a classe dos jovens. Sempre um domingo mais surpreendente que o outro. Nem sempre surpreendente quer dizer bom...

E nesse sábado que passa lecionei também na aula da EETAD no núcleo aqui da cidade. Não sei se foi bom, mas dessa vez eu pelo menos não cochilei. Já os colegas...

E com a graça de Deus a gente vai indo. Um degrau por vez. No ano que vem é a rede pública e nos outros quem sabe?

É aguardar e ver.

terça-feira, 4 de setembro de 2007

João 15.16



Há cerca de duas semanas meu pastor achou por bem separar-me a mim e também ao meu amigo Ramón, para o ministério na nossa congregação. Ontem teve reunião mensal dos obreiros na igreja sede e eu fui oficialmente apresentado como obreiro. A partir de agora sou Auxiliar na Igreja Evangélica Assembléia de Deus da minha cidade.
e aí me vem à mente essa passagem do evangelho escrito por João:

"Não fostes vós que escolhestes a mim, mas eu os escolhi a vós e vos nomeei para que vades e deis fruto e vosso fruto permaneça..."


Eu sempre almejei estar inserido nesse contexto, mas na verdade não esperava que fosse tão no presente quanto o é. Mas graças a Deus. Espero fazer aquilo que Deus espera de mim, para que possa um dia dizer como Paulo:

"Combati o bom combate, acabei a carreira e guardei a fé..."

sexta-feira, 15 de junho de 2007

Não fostes vós quem me escolhestes...

Agora eu lembro dessa passagem do evangelho escrito por João, capítulo 15 e versículo 16, onde Cristo estava dizendo:

Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vo-lo conceda.


Já faz cerca de duas semanas o pastor da minha congregação conversou comigo, com os presbíteros da igreja e resolveu me separar para o ministério. Aí ontem, ele esteve apresentando o meu nome na reunião mensal dos obreiros na igreja sede. Assim agora eu sou um Auxiliar no corpo de obreiros da Igreja Evangélica Assembléia de Deus.

Os caminhos de Deus são realmente inexplicáveis. É claro que eu almejava e desejava isso, mas na verdade não sabia que seria tão no presente.

Agora é me aplicar ainda mais e a cada dia estar pronto pra ajudar a propagar o evangelho de Cristo aos habitantes desse mundo desolado.

Discussão

Tive na noite de hoje uma discussão a respeito de música com o vice-líder da mocidade da
nossa igreja. Ele me chamou a atenção pelo fato de eu estar tocando uma música
do Caetano Veloso com a galera jovem no ônibus na volta de um passeio que a gente deu na City de Joinville.

Aí me
vem a idéia para esse post. Como se
comportar frente a isso?
Não quero entrar em tolas discussões teológicas,
éticas, morais ou quais sejam. Tenho minha idéia bem formada já sobre o assunto.

Não
creio que a gente deva dividir o mundo entre Deus e o Diabo e delegar-mos ao
segundo tudo o que os "humildes" servos do primeiro considerem errado. Não é bem
assim. Existem músicas que não se referem a Deus, mas nem por isso podem ser
rotuladas como satânicas.

Achar que o artista por professar uma
suposta fé evangélica, fazer uma pretensa música gospel, deva ser considerada de Deus e que tudo o que
está fora disso do Diabo é um radicalismo tolo e ultrapassado. Tem muita música
dita gospel que não
lembra em nenhum momento o nome de Deus ou Jesus, deixam tudo implícito, dando
margem para dúbias interpretações.

Assim, acho que é hora de nós
tomarmos partido, escolhermos se queremos servir a Deus verdadeiramente ou se
vamos ficar nos preocupando com picuínhas que não levam a nada.
Mas também, pouco
importa. Nós os jovens somos a igreja do futuro, somos nós que vamos louvar a
Deus quando essa ultrapassada geração se for. Então eles podem ainda defenderem
seus pontos de vista agora, logo eles não estarão mais aqui...

Dizem que a igreja está
cada vez mais distante do primeiro amor e acham tantos motivos. Tudo bem, podem
dizer que nós vamos ser uma igreja fria, morta, mundana. Acho que Deus conhece a
cada um e saberá entender as diferentes visões de mundo entre diversas
gerações...

Cancioneiro Popular


Aí está mais uma música dita popular que pra mim representa alguma coisa no sentido de religiosidade presente. Gravação de Alceu Valença, Tu vens:



Na bruma leve das paixões que vem de dentro,Tu vens chegando pra
brincar no meu quintal.

No teu cavalo, peito nu, cabelo ao vento, E o Sol quarando
nossas roupas no varal.


Tu vens, Tu vens, Eu ja escuto os teus sinais.

Tu vens, tu vens, Eu ja escuto os teus sinais.


A voz de um anjo sussurou no meu ouvido, Eu não
duvido já escuto os teus sinais.

Que tu virias numa manhã de domingo, Eu te anuncio
nos sinos das catedrais.



De repente eu estou descobrindo um caminho de assimilação. Mistura de evolucionismo, criacionismo & ecumenismo.

Há quem já não me considere cristão. É pena. Ainda me sinto cristão...

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2007

Comentário Aleatório (Cont.)

Preguei...
As pessoas falaram bem.
Isso me deixou em uma dúvida:
-Para quem prego eu?
-Com que me preocupo ao pregar?
-Será com o que as pessoas vão dizer após a pregação?

Preciso ainda pensar nisso...

Mas por ora só posso expressar a minha gratidão com os últimos versos dessa bonita canção:

Vale de Jaboque - Voz da Verdade


Foi no vale de Jaboque, que o meu nome mudou
Transformou-me num homem a imagem do Senhor

O meu nome era Jacó, hoje ele é Israel
Estou subindo a escada que me leva até o céu

Descem anjos, sobem anjos, o meu medo já se foi
Vão buscar a minha bênção da mão do meu Senhor

Eu estou maravilhado com esta bela visão

E hoje acordei com um novo coração
Que brilha, que salta, que se alegra, no meu
Senhor

Que anseia, que deseja, estar perto do meu
Criador



* Louvado seja Deus...
Ah, falei novas línguas ontem...
Após a minha mensagem calma Deus manifestou-se com um Pentecostes barulhento (apesar da minha mensagem tranquila...);
e nessa hora senti ELE bem pertinho.

* Aleluia...

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2007

Comentário Aleatório

Nesse próximo domingo, provavelmente serei eu o preletor da noite.
É o culto de jovens, e se por acaso nenhum pastor importatante chegar sem ter sido convidado, serei eu.

Como é normal num caso assim, fico um pouco nervoso, mas no fundo eu gosto disso.
Não tenho aquela eloquência, verborragia infinita, mas acho que posso me sair bem.

Dessa vez eu estive pensando em fazer algo especial.
desde segunda-feira porém tenho tentado tirar um tempo para encontrar as referências que preciso e não tenho sido muito feliz.

O tema vai ser o verso 5 do Salmo 37: "Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e o mais ele fará"...
A bem da verdade em uma das traduções que eu tenho usa-se a frase "[...] ele tudo fará."
E se for olhar na versão em inglês, King James, uma tradução literal diria"[...] e ele agirá."
E em outra versão ainda, em espanhol, a tradução ficaria como "[...] e ele cumprirá o desejo do seu coração."

É pena eu não ter uma versão em hebraico...

Seja como for, eu penso em falar algo a respeito do caminho.
Tive ótimas idéias, onde o ápice seria o caminho de Cristo no Gólgota.
Começaria como se esse caminho fosse algo como um caminho mesmo, que o pecado tornava cada vez mais dificil de ser encontrado. E que o Espírito Santo, a Palavra, seriam nossas bússolas. Nossos mapas.
Voltaria no tempo pra contar a história desse caminho, que começou lá atrás quando o Homem pecou.
Aí Deus teria tido o papel de tentar mostrar de novo ao Homem o Caminho. Veio o Dilúvio, a Escravidão no Egito... Até que um dia Jesus fez o Sacrifício perfeito e o caminho mais uma vez se revelou.
Nessa parte poderia haver uma alusão ao Espírito Santo estar ainda em nossos dias a ensinar-nos o caminho.

Não sei se isso não acaba se afastando um pouco do tema da entrega...

Mas enfim... Depois vem a parte da confiança.
Aí entraria as questões de que devemos buscar primeiro a Deus.
Não devemos deixar as coisas materiais tomarem um lugar de primazia em nossa vida.
Talvez resgatar o papel de Deus através de exemplos de pessoas que confiaram em Deus e foram bem sucedidas.

Receita para prosperidade material: Dízimos.

Bem, antes de tudo porém, devo orar bastante pra que Deus esteja na mensagem.


.