segunda-feira, 19 de fevereiro de 2007

Comentário Aleatório (Cont.)

Preguei...
As pessoas falaram bem.
Isso me deixou em uma dúvida:
-Para quem prego eu?
-Com que me preocupo ao pregar?
-Será com o que as pessoas vão dizer após a pregação?

Preciso ainda pensar nisso...

Mas por ora só posso expressar a minha gratidão com os últimos versos dessa bonita canção:

Vale de Jaboque - Voz da Verdade


Foi no vale de Jaboque, que o meu nome mudou
Transformou-me num homem a imagem do Senhor

O meu nome era Jacó, hoje ele é Israel
Estou subindo a escada que me leva até o céu

Descem anjos, sobem anjos, o meu medo já se foi
Vão buscar a minha bênção da mão do meu Senhor

Eu estou maravilhado com esta bela visão

E hoje acordei com um novo coração
Que brilha, que salta, que se alegra, no meu
Senhor

Que anseia, que deseja, estar perto do meu
Criador



* Louvado seja Deus...
Ah, falei novas línguas ontem...
Após a minha mensagem calma Deus manifestou-se com um Pentecostes barulhento (apesar da minha mensagem tranquila...);
e nessa hora senti ELE bem pertinho.

* Aleluia...

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2007

Comentário Aleatório

Nesse próximo domingo, provavelmente serei eu o preletor da noite.
É o culto de jovens, e se por acaso nenhum pastor importatante chegar sem ter sido convidado, serei eu.

Como é normal num caso assim, fico um pouco nervoso, mas no fundo eu gosto disso.
Não tenho aquela eloquência, verborragia infinita, mas acho que posso me sair bem.

Dessa vez eu estive pensando em fazer algo especial.
desde segunda-feira porém tenho tentado tirar um tempo para encontrar as referências que preciso e não tenho sido muito feliz.

O tema vai ser o verso 5 do Salmo 37: "Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e o mais ele fará"...
A bem da verdade em uma das traduções que eu tenho usa-se a frase "[...] ele tudo fará."
E se for olhar na versão em inglês, King James, uma tradução literal diria"[...] e ele agirá."
E em outra versão ainda, em espanhol, a tradução ficaria como "[...] e ele cumprirá o desejo do seu coração."

É pena eu não ter uma versão em hebraico...

Seja como for, eu penso em falar algo a respeito do caminho.
Tive ótimas idéias, onde o ápice seria o caminho de Cristo no Gólgota.
Começaria como se esse caminho fosse algo como um caminho mesmo, que o pecado tornava cada vez mais dificil de ser encontrado. E que o Espírito Santo, a Palavra, seriam nossas bússolas. Nossos mapas.
Voltaria no tempo pra contar a história desse caminho, que começou lá atrás quando o Homem pecou.
Aí Deus teria tido o papel de tentar mostrar de novo ao Homem o Caminho. Veio o Dilúvio, a Escravidão no Egito... Até que um dia Jesus fez o Sacrifício perfeito e o caminho mais uma vez se revelou.
Nessa parte poderia haver uma alusão ao Espírito Santo estar ainda em nossos dias a ensinar-nos o caminho.

Não sei se isso não acaba se afastando um pouco do tema da entrega...

Mas enfim... Depois vem a parte da confiança.
Aí entraria as questões de que devemos buscar primeiro a Deus.
Não devemos deixar as coisas materiais tomarem um lugar de primazia em nossa vida.
Talvez resgatar o papel de Deus através de exemplos de pessoas que confiaram em Deus e foram bem sucedidas.

Receita para prosperidade material: Dízimos.

Bem, antes de tudo porém, devo orar bastante pra que Deus esteja na mensagem.


.