domingo, 23 de janeiro de 2005

ARTIGO nº3

A TERCEIRA OPÇÃO

Tenho conversado com algumas pessoas e explicado a elas o caminho da salvação. Mas confesso que nem sempre é fácil. Eu não sei por que as pessoas tendem a pender sempre para uma opção inexistente; a terceira.
A palavra de Deus nos diz que Cristo certa vez declarou:
- Eu sou o caminho, a verdade e a vida...
Com isso ele mostra que a única forma de chegarmos a algum lugar é através dele. Se o diabo fosse reescrever essa frase ele certamente diria:
- Eu sou a inexistência de caminhos, a mentira e a morte...
Nenhuma pessoa em sã consciência escolheria servir a satanás ainda mais que a Bíblia nos confirma que “o salário do pecado é a morte”. Mas no decurso de nossas existências por vezes nos deparamos com pessoas que tentam remediar a situação escolhendo uma terceira opção.
Essas pessoas por certo acreditam estarem indo para o céu, pois dizem:
- Não estou no caminho do diabo. Eu posso não estar seguindo o que Jesus falou, mas no fundo sou uma boa pessoa.
Essas pessoas certamente deram ouvidos à astuta voz da terceira opção que diz algo assim:
- Eu sou o atalho, a omissão e a fantasia...
Nos últimos dias o que mais existe por aí são pessoas assim. Que acreditam que para ir para o céu pode-se viver de qualquer jeito. NÃO! Para ir para o céu é necessário se despertar. Por que no céu não entrará nenhum adepto da terceira opção. A palavra de Deus é enfática ao dizer que Deus nos quer: frios ou quentes, pois quantos aos mornos ele os vomitará da sua boca. E a tal terceira opção nada é senão um estado morno, insípido e abominável perante o Senhor.
As palavras de Cristo são fiéis e duradouras. Elas são o que sempre foram e serão, não dão espaço para outras interpretações. Ao passo que as palavras de satanás são enganadoras e traiçoeiras. Sendo assim as terceiras opções que surgem não são nada mais do que variações do que afirma o tentador das nossas almas.
Por isso faz-se necessário que aja um real entendimento da santa e bendita palavra de Deus. No entanto para que isso ocorra é necessário que estejamos sempre contando com o auxilio do Espírito Santo. E ele por ser santo só habita em templo santo, por isso importa que sigamos o conselho do mestre:
- Aquele que é sujo suje-se ainda mais e aquele que é santo santifique-se ainda mais.
Pois perto está o dia da volta de Cristo, e será que estamos preparados para que possamos agora dizer: ORA VEM SENHOR JESUS!!! Eu sinceramente espero que sim...

quinta-feira, 20 de janeiro de 2005

ARTIGO nº1


UMA MENSAGEM DE CRISTO CONTIDA NUMA BRINCADEIRA INFANTIL

Você com certeza já deve ter um dia participado da brincadeira de se esconder. Onde uma criança deve contar até certo número enquanto os outros se escondem e depois ir procura-los e os achando voltar até o lugar da contagem, denominado fráz ou raia, e dizer o nome da pessoa que encontrou. Por outro lado os que estiverem escondidos podem, sem serem vistos irem até a raia e gritarem: um, dois, três pra mim, estando nesse caso livres de serem o procurador na próxima rodada.
Existe uma modalidade diferente dessa brincadeira na qual o último a ser descoberto pode, se não o tiver sido descoberto ainda, ir até a raia e dizer: um, dois, três salva todos. Isentando assim os outros participantes de serem o procurador e deixando o mesmo por mais uma rodada.
Analisando esta brincadeira eu encontro pontos de contato com a missão terrena de Jesus Cristo. Quando Cristo veio ao mundo o pecado era o procurador. E os seres humanos aqueles que procuravam se esconder dele embora às vezes sem muito sucesso. Haviam é claro alguns que conseguiam se esconder como é o caso de Jó. Mas com a chegada de Cristo tudo ficou mais fácil. Ele ao morrer na cruz como que disse: um,dois, três salva todos! E a partir daí a humanidade pode então esconder se do pecado com mais tranqüilidade, pois sabiam que o sangue de Jesus ao final as salvaria.
Mas Jesus foi para o céu e as pessoas a partir daí começam a tomar conhecimento desse Maravilhoso segredo apenas quando ou vão á igreja, ou lêem a bíblia. Mas como muitas pessoas não fazem nem uma coisa nem outra, por vezes muitas morrem vítimas do pecado sem terem tido a oportunidade de terem seus pecados perdoados pelo Um, dois, três salva todos de Cristo. Por isso é necessário que nestes dias em que todos esperam uma mensagem de esperança que todos nós que conhecemos essa história a anunciemos para o mundo cumprindo assim o que Jesus falou e ficou registrado nos evangelhos:
-Ide por todo mundo e pregai o evangelho a toda criatura.
Lembrando sempre que é muito fácil fazer isso basta dizermos:
-Jesus salva a todos!!!

NOTAS COMPEMENTARES


Nota complementar 1: Cabral era um cavaleiro da ordem de Cristo sendo portanto um defensor do evangelho.

Nota complementar 2: Navegador português que instalou quase que um vice-reinado português em Coxim, e que a despeito da cruz comandou uma guerra sem precedentes pelo domínio daquela parte do mundo.

Nota complementar 3: Os portugueses confundiam os hindus achando que eles fossem cristãos, mas havia é bem verdade um número considerável de antigos discípulos de S. Tomé, além de um rei conhecido como Preste João o qual segundo a lenda era cristão assim como todo o seu reino. Esse lendário rei foi encontrado pelo português Pero de Covilhã em 1493 e identificado como Negus Alexandre, um monarca etíope auto-intitulado “Rei dos reis e Leão da tribo de Judá”. Aliás esse foi um dos principais motivos para que o Infante Dom Henrique, pai da navegação portuguesa, passasse a enviar seus navios cada vez mais longe na costa africana, o possível descobrimento desse rei.

ARTIGO nº2


CRISTO E SUA INFLUÊNCIA PARA AS GRANDES NAVEGAÇÕES DO SÉCULO XV

Nos evangelhos da bíblia encontramos Jesus dizendo : Vão por todo o mundo e preguem a toda criatura. Eu irei tecer uma teoria agora pela qual poderei afirmar que uma das razões das navegações portuguesas foi esse dito de Cristo.
Tudo bem. A causa principal das navegações dos europeus e dos portugueses principalmente pode ter sido a da geração de divisas para o país. No entanto muito do que foi feito, foi sobre a divisa da cruz. Quando Dom João II ou Dom Manuel precisaram do aval da igreja eles apelaram para essa passagem.
Quando Cabral (VIDE Notas complementares) aportou no Brasil em 1500 e não viu especiarias ou riquezas minerais ele, um tanto decepcionado, consolou-se com o fato de que aqui havia muito pau-brasil e também muitas almas para serem salvas. O próprio frei Henrique Soares, que rezou a primeira missa em solo tupiniquim, ficou maravilhado com o que ele chamava pureza dos habitantes da terra, e acreditava que seriam facilmente catequizados pois não pareciam ter qualquer credo ou religião.
Por outro lado todas as missões subseqüentes enviadas ao oriente, desde a de 1497 comandada por Vasco da Gama até aquela de 1511, comandada por Afonso de Albuquerque (VIDE Notas complementares), eram montadas com o apoio dos nobres e também da igreja para a qual o governo declarava haver muitos cristãos naquela parte da Ásia e outros tantos seguidores de Maomé que poderiam ser convertidos a Fé cristã (VIDE Notas complementares).
Portanto ainda que não possa categoricamente afirmar que o Brasil foi “descoberto” através do Ide de Cristo, tenho razões para crer que Jesus Cristo tem uma grande importância na história universal, e isso desde as cruzadas que os cristãos europeus faziam para libertar a terra santa a muitos mil anos atrás. Então, ainda que as pessoas não aceitem Cristo e sua missão eu lhes digo muito do que hoje é só é por causa de Cristo. Ou vocês acham que se não fosse pela interseção de Jesus perante Deus restaria algum pecador como nós sobre a Terra? Muito pelo contrário Deus há muito já teria nos mandado o “dilúvio” final, que como se sabe não será de água, mas de fogo e enxofre.
Então sabendo disso pra que ficar esperando que algo de mal nos sobrevenha? Vamos enquanto há tempo reconhecer a soberania de Cristo sobre o nosso mundo e entregando nossas vidas a ele deixarmos que o mesmo venha a direcionar as nossas vidas. E para isso basta negarmos a nossa soberba, a nossa ganância, petulância e orgulho e passarmos a viver segundo a bíblia, que além de ser a palavra de Deus é ainda uma confiável fonte de pesquisa histórica e mais do que isso, um livro que prediz exatamente o nosso futuro.
E então você quer correr o risco de morrer e ir para o inferno ou prefere ir para o céu? Pois afinal de contas não temos nada a perder. Se existir céu e inferno nós, sendo salvos, vamos para o céu. Mas se não houver nada teremos vivido uma vida legal sem vícios, invejas, intrigas e principalmente com mais momentos felizes do que tristes.